Entenda para que serve a glutamina e como a suplementação desse aminoácido pode favorecer no treino.


Para que serve a Glutamina?

A Glutamina é um aminoácido livre encontrado em abundância no organismo humano. Ela fornece energia para diversos tecidos e a sua carência fragiliza o funcionamento de importantes sistemas do corpo, podendo ser provocada por uma série de fatores.

Ela é classificada como aminoácido não essencial, que são aqueles que podem ser sintetizados no organismo a partir de outros aminoácidos.

Ela desempenha uma série de funções, dentre as quais estão:

  1. Faz o transporte da amônia que é produzida pelo organismo através da corrente sanguínea;

  2. Está relacionada com a produção de energia, já que atua como uma espécie de combustível do sistema imunológico;

  3. Melhora as funções intestinais, funcionando também como combustível dos enterócitos, que são as células do intestino;

  4. Faz o transporte de nitrogênio entre os tecidos do corpo;

  5. Atua também na síntese do glicogênio;

  6. É fundamental para a síntese da flutationa, um antioxidante muito potente;

  7. Equilibra o ácido/básico;

  8. Beneficia o ganha de massa magra, já que forma blocos de proteínas que transportam nitrogênio para os músculos por meio da corrente sanguínea.


Benefícios da Glutamina

Naturalmente no organismo, mas também podendo ser consumida por suplementação alimentar, a Glutamina trabalha no fortalecimento do sistema imunológico, no combate ao catabolismo e na melhora do funcionamento do intestino.

Podemos citar, portanto, que sua atuação no organismo é capaz de promover:

  • Fortalecimento do sistema imunológico;

  • Melhora da integridade do intestino;

  • Melhor resistência física;

  • Auxilia no processo de recuperação muscular;

  • Ameniza sensação de queimação nos músculos;

  • É uma fonte rápida de aminoácidos;

  • Tem alto valor biológico;

  • Combate a fadiga comum em exercícios de intensidade;

  • Ajuda na formação e manutenção de massa magra.


Quem deve fazer a suplementação de glutamina?

A suplementação de glutamina é indicada para quem realiza atividades que causam estresse intenso ou a depleção do sistema imunossupressor. Isso pode ocasionar um déficit do aminoácido no organismo.

Essas situações podem ocorrer com a prática de exercícios intensos e acentuados provocando o overtraining ou em casos de doenças inflamatórias, infeciosas e traumas que geram a depleção do sistema imune.

Para os atletas, o uso é indicado para gerar um aumento de reservas de glicogênio muscular, o que ajuda a evitar que o organismo faça a queima de massa muscular para produzir energia. Por reduzir a taxa de oxidação de L-leucina, promove maior potência para a síntese muscular.

Além disso, a glutamina evita uma produção excessiva da amônia, que provoca a fadiga. Além disso, tem efeito cardioprotetor e melhora a resposta inflamatória que pode ser gerada durante exercícios prolongados. Por conta disso, a suplementação interessa muito aos atletas.


Cuidados na suplementação

Dois cuidados essenciais devem ser tomados: ter o acompanhamento de um profissional e adquirir produtos de boa qualidade e procedência.

Na Loja Empório Natural nós cuidamos de você! Tanto com a oferta do serviço de orientação nutricional quanto no fornecimento dos melhores suplementos alimentares do mercado.

Já temos mais 10 anos de experiência fornecendo suplementos alimentares e produtos naturais de alta qualidade e com procedência garantida.

Desde o princípio, nosso objetivo sempre foi o de atender as pessoas que realmente se preocupam com a saúde e a qualidade de vida.

Além da glutamina, contamos com linhas de produtos diet, integrais, orgânicos, sem lactose, sem glúten e veganos. Ou seja, atendemos todos os públicos!

Temos o melhor custo benefício do mercado e ainda, entregamos em até 24h para São Paulo Capital, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Santo André e Diadema.

Visite o site e conheça os nossos produtos.


11 visualizações0 comentário

Entenda quais são as diferenças entre veganismo e vegetarianos e saiba como se manter saudável em dietas restritivas.


Entenda as diferenças entre vegetarianismo e veganismo

Você sabe quais são as diferenças entre o vegetarianismo e o veganismo? De algum tempo pra cá, estes tipos de dietas têm ganhado novos adeptos a cada dia. Mas vegetarianos e veganos tem hábitos de consumo que se diferem em alguns aspectos.

Em ambos os casos, as escolhas alimentares passam por grandes mudanças. De modo geral, elas são movidas por um posicionamento pela defesa dos animais e do meio ambiente.

A seguir, explicaremos todas as diferenças entre vegetarianismo e veganismo.


Vegetarianos

São pessoas que adotam um regime alimentar que restringe do cardápio todos os tipos de carne, o que inclui também os peixes, frutos do mar e qualquer derivado de carne.

Porém, dentro do vegetarianismo, existem algumas variações relacionadas com o consumo de ovos e laticínios. Veja quais são:


  • Ovolactovegetarianos: não comem nenhum tipo de carne, porém consomem ovos, leite e seus derivados;

  • Lactovegetarianos: não consomem carnes, nem ovos. Mas, consomem leite e seus derivados. Essa é uma dieta tradicional indiana;

  • Ovovegetarianos: o cardápio exclui as carnes e o leite, mas permite o consumo de ovos;

  • Vegetariano semi restrito: é uma dieta que restringe praticamente todos os produtos de origem animal, com exceção apenas do mel;

  • Vegetariano estrito: não come nada de origem animal, o que inclui as carnes, ovos, laticínios, mel e outros.


Veganos

Enquanto o vegetarianismo está relacionado a uma dieta alimentar, a prática do veganismo funciona como uma filosofia de vida e de luta pelos direitos dos animais.

Quanto a alimentação, os veganos integram o grupo dos vegetarianos estritos. Porém, seu posicionamento de consumo vai ainda mais além, não comprando nenhum produto que cause dano a esses seres.

Explicando melhor, os veganos só compram produtos certificados com Selo de Vegano. Essa certificação indica que aquele produto não tem ingredientes de origem animal, nem necessitou de testes em animais para a sua produção. Isso serve para todas as compras realizadas, incluindo as roupas, calçados, produtos de higiene, remédios, etc.

Além disso, os veganos não frequentam circos, rodeios, zoológicos, ou qualquer atividade que tenha ligação com a exploração animal.


Essas dietas são saudáveis?

Uma das grandes preocupações de quem faz a transição para dietas veganas e vegetarianas é quanto a possibilidade de deficiência nutricional. Mas, assim como todos os tipos de dietas, equilíbrio e a variedade é o que vão determinar o quanto ela é saudável.

Os veganos e vegetarianos podem manter uma alimentação restritiva sem apresentar deficiências nutricionais relacionadas com as proteínas. Isso porque elas são formadas por meio dos aminoácidos e todos eles podem ser encontrados no reino vegetal.

É importante lembrar que, algumas proteínas podem ser encontradas em quantidade inferior, porque alguns alimentos podem ter níveis menores de aminoácidos essenciais. O segredo para manter a saúde é consumir proteínas vegetais de fontes diversas, elevando a probabilidade se obterem esses aminoácidos.

É recomendado o acompanhamento de um profissional de nutrição para elaboração de um cardápio de acordo com as necessidades particulares de cada pessoa. Além da variedade no consumo de vegetais, em alguns casos, pode ser necessária a suplementação alimentar.


Devo procurar orientação nutricional?

A orientação nutricional é importante para manter a saúde, independente do tipo de dieta que você está seguindo.

A Empório Natural trabalha em parceria com diversos nutricionistas! Nossa loja já está há mais de 10 no mercado, trabalhando de forma responsável para fornecer produtos que promovam a saúde, o bem estar e a qualidade de vida.

Acesse o site e conheça mais sobre nosso trabalho.


Conheça quais são os principais benefícios do consumo de granola e como ela pode fornecer mais energia e melhorar a saúde.


Conheça os benefícios da granola para a saúde

Composta por grãos, cereais, oleaginosas e frutas secas, a granola é um alimento rico em fibras e outros nutrientes que são fundamentais no funcionamento do organismo. Seu consumo pode proporcionar diversos benefícios, como o fornecimento de energia, vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos e ácidos graxos insaturados.

Como no Brasil não existe uma legislação que especifique como deve ser a composição da granola, o produto pode ter variações de acordo com os fabricantes, ou seja, a quantidade de cada elemento da receita pode variar.

De modo geral, a base é uma mistura de grãos integrais (linhaça, amendoim, gergelim e soja), cereais (farelo de trigo, floco de arroz, aveia, floco de milho), frutas secas (banana e uva passas), castanhas, nozes, podendo conter mel, cacau ou açúcar.


Benefícios da granola para a saúde

  1. Melhora a saúde do intestino: Por ser uma excelente fonte de fibras, a granola proporciona uma melhora do trânsito intestinal e combate a prisão de ventre. Além disso, aumenta os níveis de bactérias intestinais saudáveis;

  2. Controla a pressão sanguínea: as fibras presentes nos ingredientes ajudam na regulação da pressão;

  3. Favorece a perda de peso: isso porque o consumo de fibras promove a sensação de saciedade;

  4. Rejuvenesce a pele e protege as células: ingredientes como as nozes, o coco, a chia e a linhaça, são ricos em vitamina E, selênio e Ômega 3, que são excelentes antioxidantes e contribuem para evitar o dano celular que pode ser causado por radicais livres;

  5. Reduz o colesterol e protege o coração: a aveia é um alimento rico em beta-glucanos, uma fibra que reduz o colesterol LDL do organismo. Com isto, reduz os riscos de problemas cardiovasculares;

  6. Controla os níveis de açúcar no sangue: dependendo dos ingredientes que compõe a granola, alguns deles como a aveia, as sementes e os frutos secos, auxiliam o organismo a controlar os níveis de açúcar, sendo uma alternativa para quem tem sobrepeso ou é pré-diabético;

  7. Aumenta a energia: por ser rica em proteínas, carboidratos e gorduras boas, proporciona uma maior energia. Caso o consumo seja aliado a treinos, pode favorecer o ganho de massa muscular.

  8. Aumenta a imunidade: por ser fonte de fibras solúveis e insolúveis, que funcionam como substratos energéticos para as bactérias boas do intestino. Isso ajuda a melhorar a imunidade e protege contra o aparecimento de doenças.


Cuidados ao comprar sua granola

Como já citamos acima, a granola pode ter diferentes quantidades de cada ingrediente e isso pode variar de acordo com as marcas. Essa variação também atinge o seu valor nutricional que vai depender dos componentes.

Algumas podem conter maior quantidade de açúcar, gordura, proteínas ou calorias. Portanto, o correto é sempre verificar o rótulo antes da compra. Geralmente, os primeiros ingredientes que aparecem na lista são os que estão em maior quantidade no produto.


Como consumir granola?

Por ser uma fonte de energia, ela pode substituir alimentos durante o café da manhã, especialmente aqueles que são ricos em carboidratos como os pães, bolachas e torradas.

Pode ser acompanhada de iogurtes ou leite, de preferência em versões desnatadas ou light. No pós treino, pode ajudar a repor os estoques de energia do corpo.


Onde comprar?

Na Loja Empório Natural você encontra as melhores opções de granola para aproveitar todos os benefícios.

Além disso, temos uma ampla variedade de produtos para complementar a sua dieta, proporcionando saúde e bem-estar. Visite o nosso site e confira.


  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube

Somente Loja e Pedidos no ABCD

google.png
selos_emporio.png

Novidades

Cadastre-se para receber as nossas novidades!

Empório Natural: Av. do Taboão, 4388 - Taboão, São Bernardo do Campo - SP | CNPJ: 09200490/0001-44 | PRAZO DE ENTREGA de 3 à 7 dias úteis (PAC, SEDEX) | Contato Comercial: (11) 4178-2423